Notícias de Blumenau | Bom dia! Segunda, 15 julho 2024
Pesquisar
Close this search box.
22 jun, 2024

Câmara de Vereadores aprova projeto que permite o uso de caminhonetes por Taxistas em Blumenau.

Diversos

A Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira (20) um projeto de lei de autoria do Vereador Almir Vieira, que altera o Artigo 29 da Lei Complementar n° 1.033 de 2015.

A modificação na lei agora permite que os taxistas possam utilizar caminhonetes e picapes para prestar serviço, desde que tenham no mínimo 04 (quatro) portas, capacidade para até 07 passageiros. As picapes autorizadas devem ser movidas a combustível flexível, com capacidade máxima de carga de 1.000kg e até 5m de comprimento.

“Blumenau é uma cidade com diversos morros. A liberação do uso de caminhonetes pelos taxistas facilitará o acesso aos serviços em várias localidades e o transporte de pequenas cargas”, afirmou o vereador Almir Vieira, autor do projeto.

A alteração na lei foi aprovada por unanimidade e agora segue para a sanção do prefeito.

Fonte e Imagem: Divulgação

Gostou do Post? Compartilhe agora mesmo:
Últimas Notícias

Policlínica protege mais de 90 crianças prematuras com protocolo contra inf...

Bom dia… Mensagem do Padre João Bachmann para hoje, segunda-feira, dia 15/0...

Marcia Fernandes estará em Blumenau, Santa Catarina, com a palestra "ACORDA...

Governador traz do Santuário de Fátima e do local de ondas gigantes em Naza...

Últimos Vídeos

Voluntariado x depressão: A vida é sempre uma prova difícil e não adianta copiar as respostas...

8 visualizações • 0 dias atrás

Add Your Heading Text Here

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.